• Redator K2S

Quer começar o seu e-commerce? Vamos lá!


Quer começar o seu e-commerce? Vamos lá!

Todos temos ineguranças quando pensamos em começar um e-commerce.


O comércio eletrônico no Brasil está em constante crescimento e é natural que cada vez mais empreendedores busquem saber como montar uma loja virtual e ainda mais, como mantê-la em funcionamento. Apesar de toda a crise que o país passa, no primeiro semestre de 2017 nosso e-commerce faturou R$21 bilhões.


Mas vamos lá, precisamos deixar claro quais são os primeiros pontos a serem observados na abertura de uma loja virtual. Não é um processo de uma hora para outra, demanda tempo e cuidado, o processo consiste em:


1. Planejamento

Não há como montar uma loja online de sucesso sem que se faça um investimento sério no planejamento de toda a operação. Dê preferência aos nichos de mercado, pois conseguirá encontrar uma competição bem menor e, portanto, terá maiores chances de sucesso. Outro ponto importante é focar no público e não no produto. Procure saber quais são as necessidades do sue público alvo, para depois então, decidir seu mix de produtos.


2. Escolha a plataforma de e-commerce

O primeiro desafio é descobrir como escolher uma plataforma de e-commerce, afinal, ela é o sistema central de qualquer loja virtual. É possível decidir entre diversas opções de sistemas para a criação e gerenciamento de lojas virtuais, e é isso que demanda atenção, você deve identificar qual desses sistemas atende às suas necessidades. Não pense em curto prazo, o sistema deve suprir tanto as necessidades iniciais quanto as que surgirem com o crescimento do negócio. Basicamente existem 3 grandes grupos de plataformas de e-commerce.


· Plataformas Open Source

São sistemas de e-commerce desenvolvidos por comunidades de programadores que disponibilizam o código gratuitamente para download.


· Plataformas SaaS

Plataformas desenvolvidas por empresas especializadas que oferecem estes sistemas para uso mediante ao pagamento de uma mensalidade ou taxa, como participação sobre as vendas.


· Plataformas Exclusivas

São sistemas de e-commerce criados exclusivamente para uma determinada empresa visando satisfazer necessidades específicas. Devido ao alto custo, é uma modalidade que vem desaparecendo.


A escolha da plataforma deve levar em consideração o momento do negócio, o orçamento disponível e também o que você está planejando para o seu e-commerce no futuro.


3. Formas de pagamento para a sua loja

Preste muita atenção na determinação das formas de pagamento que a sua loja irá oferecer. Você vai escolher entre, basicamente, três opções: Intermediadores de pagamento, Gateway de pagamento e Integração direta com as operadoras. Para quem está começando, a melhor opção são os intermediadores de pagamento. São empresas que terceirizam todo o processo de pagamento, como o Pagseguro, Bcash e PayPal. Além de oferecerem diversas formas de pagamentos, como cartões, boleto e débito em conta, também fazem a análise antifraude, reduzindo sensivelmente a possibilidade de chargeback. Os gateway de pagamento fazem a integração da loja com as administradoras e são mais indicados para lojas com um volume de vendas maior. E temos a opção de integração direta com as operadoras, como Cielo e Rede uma etapa mais avançada.


4. Sistemas de segurança para o e-commerce

Se você optar por usar como formas de pagamento os gateways ou operar diretamente com as operadoras de cartão de crédito, precisará de um sistema antifraude, para evitar problemas como cartões roubados, clonados e outras tantas formas de fraudes no e-commerce. A segurança em lojas virtuais vai bem mais longe do que apenas as formas de pagamento. A segurança de uma loja envolve também a conquista da confiança do usuário, o que afeta diretamente a taxa de conversão da loja.


5. O marketing para uma loja virtual

Em um mercado cada vez mais competitivo, conseguir se destacar entre os milhares de lojas virtuais existentes, é um desafio cada vez maior. É importante criar um plano de marketing digital para o projeto, para que possamos ter uma ideia de todas as ações que serão necessárias para divulgar a loja e calcular os custos disso. A melhor forma de se preparar para enfrentar este desafio é fazer um curso de marketing digital, para saber exatamente o que existe no mercado, o que você poderá fazer internamente e o que você poderá terceirizar.


6. A logística no e-commerce

Defina muito bem que tipo de estratégia de entrega irá adotar e começar a moldar sua estrutura. O uso do serviço dos Correios e transportadoras é a solução mais comum. Se for optar por uma transportadora, feche contrato com uma empresa que já tenha tradição no segmento, para evitar surpresas em uma área tão sensível.


Agora você já tem o passo a passo sobre como montar uma loja virtual! Gostou do conteúdo, está em busca de montar o seu e-commerce? Entre em contato com a nossa equipe da Agência K2S e saiba mais!

  • Facebook - Círculo Branco
  • Instagram - White Circle
  • LinkedIn - Círculo Branco

Curitiba - Brasil

Rua Voluntários da Pátria, 400 - Centro

Edifício Wawel - Cj 1701


 

41 3222-2706 | 41 3042-1727 | 41 9171-7599
comercial@k2sdigital.com.br

Agência K2S © 2018 - Todos os direitos reservados.

unnamed.png
rr_selo.png