• Redator K2S

Micro-gerenciamento remoto? Verdade ou Mito?

Atualizado: 11 de Out de 2018


Micro-gerenciamento remoto? Verdade ou mito?

Como você faz a gestão dos seus colaboradores?


Home office, uma preocupação muito comum das empresas, existe uma necessidade de estar enxergando o colaborador para saber que ele está trabalhando. E se eles estiverem distraídos com outras coisas? Esse tipo de situação revela uma cultura de insegurança e controle, mostra que o sucesso está sendo medido considerando as horas de presença física em um local e não o que foi produzido. Esse é um ponto que precisa ser acompanhado para dizer que o trabalho está indo bem. E assim, o que realmente importa passa em branco.


A presença física não nos garante que o colaborador está realmente envolvido com o que precisa ser entregue, se as pessoas quiserem passar o dia inteiro em redes sociais ou enrolar de qualquer outra maneira, elas também podem fazer isso do escritório. Estar no escritório não é garantia de produtividade. O que deve ser medido é o valor que a pessoa entrega e não quantas horas ela passou sentada em frente ao computador da empresa.


Esse tipo de micro-gerenciamento não considera as individualidades de cada um. Cada pessoa tem seu horário de melhor produção, cada um trabalha melhor em um local diferente e horários diferentes. Tem aqueles que rendem mais pela manhã, outras pessoas preferem começar um pouco mais tarde, outras preferem trabalhar só a noite, no silêncio e sem interrupção. É necessária uma abordagem mais humana.


É importante identificar quando, onde, e como funcionamos melhor tem um impacto direto na nossa produtividade e qualidade de vida. As pessoas devem ter autonomia sobre a organização da sua rotina, uma mudança simples revela naturalmente o propósito de cada um com seu trabalho. Quando existem objetivos bem definidos e compartilhados com o time, não há a necessidade de um papel gerencial. Com regras e pontos de contatos claramente definidos, o gerenciamento pode ficar mais focado no progresso. Assim, a relação é de confiança e não de horário.


É importantíssimo ter um propósito claro, que inspire a trabalhar com aquilo todos os dias. Definir objetivos anuais e trimestrais através da metodologia OKR pode ajudar o time a ficar alinhado na mesma direção, sabendo quais resultados são buscados em cada período. Dentro dos projetos, cada time define objetivos semanais e fazem alinhamentos rápidos diários onde cada membro do time compartilha seu progresso desde o dia anterior e quais são os próximos passos. O horário e o local de aonde estão trabalhando realmente não importa.


Você não precisa do micro-gerenciamento para ter certeza que seu time está produzindo, agora, se você não pode confiar nas pessoas que fazem parte do seu time, sem fiscalizar de perto, talvez essa contratação ou a própria relação deva ser reavaliada.


O fato principal é que a relação das pessoas com o trabalho está mudando e nesse contexto, a confiança é fundamental para garantir um ambiente leve e produtivo.

  • Facebook - Círculo Branco
  • Instagram - White Circle
  • LinkedIn - Círculo Branco

Curitiba - Brasil

Rua Voluntários da Pátria, 400 - Centro

Edifício Wawel - Cj 1701


 

41 3222-2706 | 41 3042-1727 | 41 99840-0247
comercial@k2sdigital.com.br

Agência K2S © 2018 - Todos os direitos reservados.

unnamed.png
rr_selo.png