• Redator K2S

Hora de dar um BOOM na experiência mobile da sua marca


Que tal um mini guia para dar um BOOM na experiência mobile da sua marca?


Hoje em dia a maioria das pessoas prefere fazer toda a sua jornada de consumo no mobile – da pesquisa à compra. Então você pode dizer: “Ah, mas as conversões ainda são menores do que no desktop.” Sim, mas isso não acontece por culpa do consumidor, não é que ele não quer fazer compras no celular ou porque ele prefere fazer em uma tela maior, o motivo é que a experiência no mobile ainda é inferior – carregamento lento, longos formulários e fluxo de navegação ruim deixam as pessoas frustradas.


As pessoas exigem melhores experiências no celular, querem concluir a navegação de maneira fácil e sem fricção, isso significa que as marcas que quiserem permanecer competitivas precisam priorizar a experiência móvel de seus usuários. Na hora de avaliar a experiência que sua marca oferece, é importante analisar:


1. Cada Segundo

A cada dia vemos a experiência mobile mais rápida, porém, ainda é possível encontrar anunciantes investindo em campanhas de marketing orientadas por dados, mas que não dão o resultado esperado porque as pessoas não conseguem encontrar o que desejam com a rapidez que precisam. À medida que a tecnologia entrega experiências mais rápidas, as pessoas estão cada vez menos dispostas a esperar. A velocidade do seu site pode afetar drasticamente seus negócios, no varejo é possível ver que 1 segundo a mais no tempo de carregamento de uma página pode influenciar as conversões mobile em até 20%.


2. Cada Etapa

As pessoas não veem diferença entre site desktop, mobile, app ou loja física. Para elas não existe essa divisão entre offline e online. Um exemplo que pode ser comentado é o caso da Domino’s, ao avaliar o passo a passo do seu sistema de pedidos, eles viram que havia um grande problema – para pedir fazer um pedido online, o cliente precisava passar por 25 etapas. Hoje em dia são no máximo cinco etapas, as pessoas podem fazer pedidos na Domino’s pelo site mobile, pelo app, pelo Google Home ou até mesmo mandando um emoji de pizza pelas redes sociais da empresa.


3. Cada Usuário

Os consumidores querem que as marcas ofereçam experiências relevantes, porém existem marcas que não investem em personalização porque não conseguem quantificar o impacto disso nos negócios. Personalização não é uma funcionalidade, é uma estratégia fundamental para os negócios.


Cada segundo, cada etapa, cada usuário: esses são os principais pontos a serem considerados quando uma marca está em busca de criar ecossistemas móveis que se conectem com o consumidor tua. Qualquer coisa inferior a uma experiência rápida e fluida não irá sobreviver.


Gostou do conteúdo? Fique por dentro dos nossos artigos, temos novas postagens de Segunda a Sexta!

Agência K2S © 2020 - Todos os direitos reservados.

unnamed.png
rr_selo.png