• Redator K2S

7 dicas incríveis para bombar suas campanhas de Facebook Ads

Atualizado: 17 de Out de 2018


É sempre bom ter uma ajudinha quando seu objetivo é bombar suas campanhas de Facebook ads!


Muitas empresas que buscam aumentar a geração de leads e oportunidades de negócio recorrem à mídia paga, principalmente ao Google AdWords e ao Facebook Ads. A rapidez e a facilidade para criar novas campanhas, assim como a velocidade com que os resultados aparecem são grandes atrativos, que tornam esses canais acessíveis a qualquer um que queria começar a anunciar seu produto ou serviço na internet.


No entanto, é por essa facilidade que encontramos pessoas que não atingiram, por esses canais, o resultado esperado. Isso acontece principalmente pela falta de alinhamento desse investimento com a estratégia de Marketing da empresa, o que leva a campanhas sem objetivo claro e também sem resultado real.


Em todo caso, é preciso entender que os anúncios não vendem por si só. É necessário entender a dinâmica dessas ferramentas, o perfil do público-alvo presente em cada canal e também as otimizações, que farão toda a diferença para se obter sucesso ao anunciar.


Aqui vão 7 dicas importantes para suas campanhas de facebook Ads tomarem o rumo do sucesso:


0. Utilize o Facebook Power Editor

É uma ferramenta de gestão de anúncios no Facebook que permite realizar diversas ações de forma mais rápida, como criar e duplicar campanhas, por exemplo. É um pré-requisito para poder trabalhar com Facebook Ads de forma mais eficiente e produtiva, sendo que tudo o que você cria e edita fica offline até que você tenha certeza que está pronto para ser publicado.


1. Instale o pixel de conversão do Facebook Ads

O pixel do Facebook é um pequeno código que você deve instalar em seu site para obter informações e realizar ações, tais como: contabilizar o número de conversões realizadas a partir de campanhas do Facebook Ads; criar uma lista de retargeting; criar uma lista de público semelhante, entre muitas outras. Sendo assim, para aumentar seus resultados, e diminuir o custo por Lead (ou custo por aquisição), é bem importante que você tenha o pixel instalado de maneira correta.


2. Não tente vender para um público que não te conhece

Muitas empresas acreditam que devem focar direto na venda de um produto, ou seja, direcionar todos os anúncios para uma página de produto ou serviço. Acontece que nem todas as pessoas estão no momento de compra (tomada de decisão). O recomendado é alinhar sua estratégia de compra de mídia a uma estratégia de Inbound Marketing, fazendo anúncios de ofertas para as pessoas que ainda não estão no momento de compra. Você pode ofertar algo de valor para o momento dessas pessoas, como ebooks, webinars, templates, etc. Em troca da oferta, as pessoas te darão informações – como nome, email, telefone, empresa, cargo, etc. – que você usará para manter o relacionamento e tentar vender num futuro próximo.


3. Não faça da aquisição de fãs o principal objetivo da sua estratégia

Muita gente se impressiona com alguns números comuns em Web Analytics: número de pageviews, seguidores no Twitter, pessoas que curtiram o Facebook... Mas o quanto isso contribui para as vendas? É necessário fazer mensuração dos números, não utilizar essa vantagem corretamente é um desperdício. A recomendação é focar os anúncios em “conversões no site”. Essas "métricas de vaidade" são complementos e suporte para sua estratégia de performance online.


4. Promover posts do blog para aumentar o volume de pessoas na sua lista de retargeting

É uma oferta indireta e de baixa concorrência, promover posts do blog da sua empresa é uma boa estratégia para conseguir tráfego a um baixo custo por clique. Com esse tipo de campanha você direciona o tráfego para seu blog e faz com que essas pessoas tenham contato com o seu Pixel do Facebook Ads. Isso fará com que elas sejam incluídas na sua lista de retargeting (ou remarketing) a qual você poderá utilizar como público para direcionar suas campanhas.


5. Rastreie o tráfego do Facebook Ads utilizando o URL Builder

Algo que acontece atualmente na maioria das ferramentas de web analytics, incluindo o Google Analytics, é a não distinção entre o tráfego vindo dos anúncios do Facebook e o tráfego orgânico, ou seja, que não veio de um canal pago. Para contornar essa situação e mensurar corretamente suas campanhas de Facebook Ads, recomendamos o uso do URL Builder, um recurso do Google que permite rastrear a origem do tráfego de forma personalizada a tornar mais fácil a análise dos resultados.


6. Monitore os Leads gerados via Facebook Ads no seu funil de vendas para certificar que eles estão gerando ROI

Você pode usar o gerenciador de anúncios do Facebook Ads para acompanhar o desempenho de suas campanhas, porém, para uma análise mais profunda, você precisará de outras ferramentas – como o Google Analytics, que serve para tirar melhores insights dos visitantes que chegarem ao site, e uma ferramenta de Automação de Maketing, como o RD Station, para manter o relacionamento com os Leads e analisar o resultado em vendas trazido pelas suas campanhas.


Entendemos que algumas dessas dicas são adaptáveis para diferentes contextos. Independente do tamanho da sua empresa e do mercado em que ela atua, é possível aplicá-las de forma a atingir seus objetivos a custos cada vez menores.


Temos mais 13 dicas super relevantes para o seu negócio, quer saber mais? Baixe o conteúdo completo!

  • Facebook - Círculo Branco
  • Instagram - White Circle
  • LinkedIn - Círculo Branco

Curitiba - Brasil

Rua Voluntários da Pátria, 400 - Centro

Edifício Wawel - Cj 1701


 

41 3222-2706 | 41 3042-1727 | 41 99840-0247
comercial@k2sdigital.com.br

Agência K2S © 2018 - Todos os direitos reservados.

unnamed.png
rr_selo.png